Sobre o Projeto

O Projeto Alavanca nasceu em 2004, por iniciativa de Daniela Mattern, aluna intercambista alemã da Faculdade de Economia e Administração da USP (FEA-USP). Preocupada com a situação das crianças e jovens da comunidade, passou a oferecer atividades de acompanhamento escolar para algumas crianças. Esse foi o embrião do Projeto Alavanca.

A Comunidade São Remo

A comunidade São Remo localiza-se na zona Oeste da cidade de São Paulo, ao lado da Universidade de São Paulo. Teve suas origens entre as décadas de 60 e 70, quando diversos trabalhadores migraram do Nordeste brasileiro com suas famílias para trabalhar na construção das faculdades da Universidade de São Paulo. Após a construção das faculdades, os trabalhadores permaneceram nos alojamentos criados pela empresa que administrava as obras. Estes alojamentos se tornaram o embrião do que hoje é a comunidade. Ainda hoje a população mantém laços com a Universidade, sendo que parte dos trabalhadores e trabalhadoras dessa instituição de ensino, considerada a melhor da América Latina, é constituída por moradores da São Remo.

A comunidade, no entanto, sofre com muitas carências como má qualidade da coleta de lixo, ausência de saneamento básico adequado e de condições dignas de habitação, insuficiente manutenção de ruas e vielas, iluminação pública deficiente, além de ausência de equipamentos sociais, como creches, escolas e hospitais.

Favela São Remo. Foto: Jorge Maruta/Jornal da USP

Linha do Tempo do Projeto Alavanca

2003

  • Fundadora Daniela Mattern chega ao Brasil e faz os primeiros contatos com moradores da comunidade.
  • Abril a Agosto: Passeios regulares com as crianças.
  • Setembro: Matrícula de uma criança em uma escola de inglês e computação.

2004

  • Fundadora inicia atividades de alfabetização para crianças em espaço emprestado.
  • Março: Início do acompanhamento escolar com duas crianças e de alfabetização com quatro crianças.
  • Abril a Junho: Contatos com os moradores e instituições da comunidade, planejamento do programa de alfabetização, divulgação do Projeto Alavanca nas escolas públicas.
  • Julho: Mais de 120 visitas domiciliares na comunidade, parceria com a pré-escola “Girassol”, formação inicial dos alfabetizadores populares.
  • Agosto: início das atividades com 130 crianças.
  • Setembro: Início da oficina de jornalismo e do programa de formação cidadã.
Aula de acompanhamento escolar no Projeto Alavanca

2005

  • Criação do estatuto da Organização.
  • Outubro (2004) a Março (2005): Consolidação do projeto, planejamento estratégico, documentação.
  • Abril: Primeira Sede do Projeto (alugada)
  • Abril a Agosto: Planejamento e preparação do programa “Amigo Legal” (programa de intercâmbio entre crianças e contribuintes da Associação).
  • Maio: Fundação da Associação Sócio-Educativa e Cultural Projeto Alavanca Brasil; atendimento de 250 crianças e adolescentes.
  • Agosto: Fundação da mantenedora alemã Alavanca Deutschland e. V.
  • Setembro: Começo da Oficina de Biblioteca Comunitária.
  • Outubro a Novembro: Exposição de fotos do Projeto Alavanca em Fürth, Alemanha.
Lanche coletivo durante oficina no Projeto Alavanca

2006

  • Abertura do CNPJ (Cadastro Nacional das Pessoas Jurídicas).
  • Dezembro: Compra da nova sede do Projeto Alavanca Brasil.

2007

  • Apoio financeiro do Rotary Club, Consulado Alemão, fundação Holandesa e Round Table. Reforma do prédio.
  • Março: Criação do grêmio juvenil Comando Azul. Projeto eleito um dos 25 melhores propostas sociais do concurso Startsocial.
  • Abril: Começo do Censo Comunitário, concurso de escrita e desenho para o “Calendário dos Sonhos”.
  • Maio: Participação do Maifest 2007 para captação de recursos.
  • Junho: Negociação de contratos de licenciamento junto a empresas de brinquedos alemães para adquirir os direitos autorais para produção no Brasil pela “Oficina de Brinquedos Educativos”.
  • Julho: Negociação com o SENAI para colaboração na formação profissionalizante, capacitação dos moradores para atualizar o web-site.
  • Outubro: Início da reforma do prédio.

2008

  • Inauguração da sede reformada. Início dos cursos profissionalizantes.
  • Fevereiro: Início do curso profissionalizante de artes gráficas.
  • Maio: Inauguração do prédio.
  • Junho: Volkswagen doa perua ao projeto Alavanca a pedido da Chanceler Angela Merkel ao presidente da empresa alemã (Figura 5).
  • Agosto: Alunos do Projeto Alavanca lançam livros na Bienal do livro.
  • Setembro: Participação da semana ECA.

2009

  • Planejamento/ Estruturação do site. Participação de colaboradoras no curso aberto do GESC/FIA.
  • Janeiro: Alunos bolsistas iniciam suas matrículas em nova escola.
  • Junho: Participação do Projeto no curso do GESC/FIA.
  • Agosto: Parceria com o governo alemão para envio de voluntários intercambistas
Cerimônia de Doação de Veículo

2010

  • Março: Colaboradora Elizabeth Gonçalves do Projeto alavanca viaja para Alemanha através do Programa ASA.
  • Junho: Chega ao Projeto alavanca novos voluntários alemães para participarem do Programa Welt Wärts.
  • Setembro: O colaborador brasileiro Bruno de Souza do Projeto Alavanca Brasil embarca para Alemanha para intercâmbio de um ano.
  • Dezembro: A fundadora e coordenadora Daniela Mattern entrega a coordenação Geral para moradores da Comunidade assumirem a continuação do projeto.

2011

  • Janeiro: O Alavanca forma um novo grupo de Coordenação Geral seguindo princípios de coordenação compartilhada.
  • Março: Projeto Alavanca fecha parceria com CIDAP e Ministério do Turismo, ministrando o curso de gestão de turismo.
  • Junho: Alunos do Projeto alavanca junto com a escola pública Emygdio de Barros encaminham alunos e professores para a Alemanha através do Programa ASA.
  • Dezembro: Captação de recursos através de mega Bazar.

2012

  • Fim dos recursos captados na Alemanha. Saída de lideranças comunitárias que não poderiam mais ser remuneradas pelo projeto.

2013

  • Junho: O Projeto Alavanca paralisa suas atividades devido a ausência de recursos financeiros. As crianças entram de férias e não retornam mais devido ao fechamento do prédio.

2014

  • Reginaldo, sócio fundador, assume o Projeto Alavanca e faz parcerias com a associação dos moradores para retomada das atividades.
  • O Projeto Alavanca faz parceria com o Sarau da Remo e promove exibição de curtas/ filmes na quadra Poliesportiva da São Remo.
  • O prédio é reaberto para mutirão de limpeza com apoio do IQ Solidário (da química USP).
  • Estudantes da USP de diversas unidades procuram o Projeto Alavanca para desenvolver oficinas e retomar o acompanhamento escolar, planejamento para 2015.
  • Articulação para eleição da nova diretoria e reestruturação do Projeto Alavanca.
  • O Projeto Alavanca participa do LAB EXTRA, promovido pela AOKA, e recebe doação (em termos de comodato/ empréstimo) de Cinco Violoncelos e instrumentos de percussão da Roche Indústria Farmacêutica.

2016

  • O Projeto Alavanca participa da construção de projetos da AGENDA São Remo 2030, uma continuação da agenda do milênio, promovida por um coletivo de projetos e entidades da São Remo.
  • A FIA (Fundação Instituto de Administração) se predispõe a dar consultoria no desenvolvimento da AGENDA e realiza oficinas com a temática da agenda SR2030 na sede do Projeto Alavanca.
  • Parceria com o coletivo “praças vivas” para a realização de oficinas de HIP HOP no Projeto Alavanca Brasil.
  • Parceria com o Museu do Butantã para visitas das crianças da São Remo.
  • O Projeto Alavanca Brasil faz parceria com a escolinha de futebol “Projeto Catumbi” para acompanhamento escolar e apoio em passeios.
  • Passeio com as crianças do “Projeto Catumbi” na Estação Biologia.
  • Apoio ao Projeto Catumbi no passeio ao Museu do Futebol.

2017

  • Parceria com a ONG BOCALAN BRASIL, uma entidade que trabalha com cães de terapia, que realiza duas atividades no Projeto Alavanca Brasil;
  • Alunos do IQ USP higienizam e organizam os livros da biblioteca do Projeto Alavanca Brasil para acesso da comunidade.
  • Laerte Coutinho passa a fazer parte do programa de Voluntariado do Projeto Alavanca e é criado o “ateliê de arte”.
  • Alunos da pós-graduação da FAU fazem parceria com o Projeto Alavanca para um projeto de pesquisa que dá origem a um site que agrega as teses dos alunos da USP que foram produzidas na São Remo e conta a história da São Remo desde a década de 60.
  • Realização do 1º Bazar Solidário por alunos da FIA para captação de recursos.
  • Realização do Projeto 5S por alunos da FIA.

2018

  • Realização do 2º Bazar Solidário por alunos da FIA com o objetivo de captar recursos.
  • Início do projeto de regularização regularização contábil, jurídica e fiscal do Projeto.
  • Atividades de acompanhamento escolar para 12 crianças.

2019

  • Realização de atividades de acompanhamento escolar por meio de voluntários para 12 crianças.
  • Realização de oficinas de leitura e letramento literário
  • Realização de oficina de educação ambiental
  • Conclusão do processo de saneamento de dívidas e regularização contábil, jurídica e fiscal do Projeto.
  • Início do Projeto de Captação de Recursos junto a empresas e pessoas jurídicas.
  • Início do Projeto de Captação de Voluntários e planejamento para 2020.

Para melhorar sua experiência de navegação, utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes. Ao continuar, você concorda com a nossa política de privacidade.